Product

S-Monovette®, VHS, 2 ml, tampa violeta, (CxØ): 66 x 11 mm, com etiqueta de plástico

Número de pedido: 05.1079
S-Monovette®, VHS, 2 ml, tampa violeta, (CxØ): 66 x 11 mm, com etiqueta de plástico

Descrição do Produto

Número de pedido 05.1079
Descrição do artigo S-Monovette®, hemossedimentação, 4NC, preparo: Solução citrato trissódico, volume nominal: 2 ml, (CxØ) com tampa: 82 x 11 mm, com etiqueta de plástico, rótulo/impressão: transparente/violeta, tampa violeta, código de cor EU, estéril, 50 unid./caixa de papelão

Características do produto

Tipo de retirada venoso
Tipo de preparo Solução citrato trissódico
Concentração do preparo 0,106 mol/l
Código de cor EU
Rótulo/impressão com etiqueta de plástico
Cor impressão/rótulo transparente/violeta
Graduação marcação nominal
Tampa tampa de rosca com membrana
Tipo de fechamento tampa de rosca
Campo de aplicação hemossedimentação
Indicado para Sediplus® S 100

Dimensões

Volume nominal 2 ml
Diâmetro 11 mm
Comprimento com tampa 82 mm
Comprimento sem tampa 66 mm
Comprimento com tampa e barra 103 mm

Materiais e cores

Cor do produto transparente
Material de fechamento High Density Polyethylene (HD-PE)
Cor da tampa violeta
Material da membrana borracha
Material do tubo Polipropileno (PP)
Material do êmbolo Polietileno de alta densidade (HD-PE)
Material da haste do êmbolo Poliestireno (PS)

Pureza e certificação

Corresponde às exigências IATA, ADR
Categoria do produto Diagnóstico in-vitro
Certificação CE CE
Padrão de pureza estéril
Esterilização Irradiação de eletrões
Em lotes sim

Embalagem

Quantidade mínima do pedido 500
Tipo de embalaje interior caixa de papelão
Unidades por caixa interna 50
Unidades por caixa 500
Unidades por palete 56000
Profundidade da caixa interna 145 mm
Largura da caixa interna 108 mm
Altura da caixa interna 63 mm
Profundidade da embalagem externa 333 mm
Largura da embalagem externa 303 mm
Altura da embalagem externa 125 mm
Volume da embalagem externa 0.0126 cbm
Peso do produto 0.004 kg
Peso da embalagem externa 2.56 kg
EAN da caixa interna 4038917085298
EAN da embalagem externa 4038917003995
Especificação do produto

General

  • +

    Os analisadores de VHS S 200 e S 2000 podem ser integrados em um sistema LIS já existente?

    Sim, a integração dos analisadores de VHS é possível através de uma interface.

  • +

    É preciso colocar todos os S-Sedivette ao mesmo tempo nos aparelhos S 200 ou S 2000?

    Não, cada local de medição pode ser ocupado individualmente/em qualquer altura.

  • +

    Há alguma possibilidade de determinar automaticamente a VHS?

    Sim, a VHS pode ser determinada automaticamente com o Sediplus® S 200 (10 locais de medição) ou com o Sediplus® S 2000 (40 a 160 locais de medição).

  • +

    O que deve ser considerado durante a hemossedimentação com o S-Sedivette®?

    Basicamente, para a hemossedimentação, o S-Sedivette® deve ser cuidadosamente agitado após a coleta de sangue. Segundo a norma CLSI, a medição deve começar, o mais tardar, 4-6 horas após a coleta de sangue. A primeira leitura da velocidade de hemossedimentação (VHS) deve realizar-se 60 minutos depois.

  • +

    Como é preparado o S-Sedivette®?

    O S-Sedivette® é preparado com uma solução de tricitrato de sódio, que perfaz 20% do volume nominal. Fica assim assegurada a relação importante de 1 parte de citrato + 4 partes de sangue para a hemossedimentação.

  • +

    Qual é o prazo de validade do S-Sedivette®?

    O S-Sedivette® tem uma validade de 15 meses.

  • +

    Muss die S-Sedivette® nach der Blutentnahme gemischt werden?

    Ja, die S-Sedivette® muss nach der Blutentnahme sofort gründlich gemischt werden: die S-Sedivette® fünfmal langsam über Kopf schwenken. Die Luftblase / Glasperle muss immer bis zum anderen Ende durchwandern! Kein schnelles Hin- und Herschütteln. Zur Sicherheit und Zeitersparnis werden die speziellen Mischgeräte Sarmix® M 200 und Sarmix® M 2000 empfohlen.

  • +

    Os valores do S-Sedivette® podem ser comparados com o método Westergren?

    O S-Sedivette® foi desenvolvido e avaliado para a determinação da velocidade de hemossedimentação (VHS) segundo o método Westergren.

De volta ao topo