DGKL 2019

Prêmio de pesquisa para análise bioquímica

Prof. Dr. Matthias Nauck, Professor Dr. Y. M. Dennis Lo e Rainer Schuster (da esquerda para a direita)

O Professor Dr. Y. M. Dennis Lo, diretor do Li Ka Shing Institute of Health Sciences na Universidade de Hong Kong, na China, recebeu o prêmio de pesquisa para análise bioquímica deste ano. O prêmio da SARSTEDT AG & Co. KG, no valor de 50.000 euros, é concedido a cada dois anos pela Sociedade Alemã de Química Clínica e Medicina Laboratorial (DGKL).

O Professor Lo recebeu a distinção por suas descobertas pioneiras no campo da genética molecular e do diagnóstico laboratorial genético. Já no ano de 1997, Prof. Lo identificou DNA fetal no sangue de mulheres grávidas e, desde então, é considerado pioneiro na área da biópsia líquida. Seus trabalhos de pesquisa nos últimos anos se concentraram principalmente no diagnóstico de tumores e pré-natal, com base na análise de DNA livre de células. Este diagnóstico permite um rastreamento precoce e cuidadoso de desenvolvimentos de tumores genéticos, assim como um diagnóstico não invasivo de trissomias em nascituros a partir do sangue da mãe.

O Presidente da DGKL, o Prof. Dr. Matthias Nauck, e Rainer Schuster, Diretor de vendas/pesquisa e desenvolvimento da SARSTEDT AG & Co. KG, entregaram o prêmio na primeira noite do evento de comemoração de quatro dias.

Nesta ocasião, Rainer Schuster concentrou seu discurso na liberdade e independência da pesquisa científica e do ensino, ancoradas na Lei Fundamental, para o bem-estar da sociedade.

É “ [...] a tarefa primária da política, mas também da indústria, criar as condições gerais necessárias para que este importante objetivo seja atingido. Assim, para nós enquanto empresa SARSTEDT, é um grande prazer e uma honra patrocinar este prêmio. Com seus trabalhos inovadores, o Prof. Lo criou os pré-requisitos e possibilidades para uma melhoria sustentável do diagnóstico.” Representando a empresa SARSTEDT, Rainer Schuster expressou sua gratidão por isto.

Desta vez, a reunião anual foi realizada de 25 a 28 de setembro em Magdeburg, com a hashtag #moderndenken, e teve como foco, especialmente, temas atuais da política de saúde, assim como o diagnóstico médico laboratorial. Além de procedimentos inovadores da área da medicina personalizada, novos biomarcadores de diagnóstico e soluções na digitalização da medicina laboratorial também foram apresentados.

A nossa tradição em honrar o trabalho científico começou já no ano de 1986 e o prêmio de pesquisa SARSTEDT já foi entregue seis vezes. Desde 2008, apoiamos o prêmio de pesquisa para análise bioquímica da DGKL, agora concedido a cada dois anos, com um valor de 50.000 euros.